domingo, 5 de maio de 2013

Prof. Marcelo Clemente ministra aula no Curso de Pedagogia Hospitalar da PUC/SP


Dia 04/05/2013, o Prof. Marcelo Clemente, ministrou uma aula no curso de Pedagogia Hospitalar: Atuação do Educador no Atendimento Pedagógico Domiciliário e Hospitalar, a convite da Coordenação do COGEA - Coordenadoria Geral de Especialização, Aperfeiçoamento e Extensão da PUC-SP - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.  

O tema das aulas foi: A Atuação do Pedagogo no ambiente Hospitalar - Resgatando a Humanização, através da Educação.

Durante a aula, foi abordado a importância da atividade do Pedagogo no ambiente hospitalar, suas possibilidades de atuação além da sala de aula, o ingresso do pedagogo na classe hospitalar e a realidade das Classes Hospitalares no Brasil.


Prof. Marcelo e alunas do curso de Pedagogia Hospitalar da PUC - SP.




Prof. Marcelo Clemente e Profª Terezinha Calil - Coordenadora do Curso juntamente 
 com alunas do curso de Pedagogia Hospitalar - PUC/SP.

A Coordenadoria Geral de Especialização, Aperfeiçoamento e Extensão da PUC-SP (COGEAE) é o setor responsável pelos cursos e atividades de especialização, aperfeiçoamento, aprimoramento e extensão da Universidade.

Há mais de 30 anos – sempre em sintonia com as necessidades do mercado de trabalho – qualifica profissionais interessados nas áreas de Ciências Sociais, Comunicação, Direito, Educação, Exatas, Gestão, Línguas, Tecnologia e Teologia. 

A COGEAE também leva a experiência e a excelência acadêmicas da PUC-SP para todo o Brasil, em diferentes áreas do saber, por meio de parcerias e convênios elaborados conforme as necessidades de cada região.  



Além disso, oferece serviços de assessoria e consultoria, desenvolve pesquisas para subsidiar empresas, instituições de ensino, órgãos públicos e organizações não governamentais na área de educação continuada. 

Apresentação do curso de Pedagogia Hospitalar: Atuação do Educador no Atendimento Pedagógico Domiciliário e Hospitalar - 

Carga horária total do curso:  60 horas

Curso de extensão.

O profissional que desenvolve ações educacionais com crianças e adolescentes enfermos ou hospitalizados necessita de uma formação ampla, com conhecimentos diversificados, instrumental específico e recursos adequados para atender às dificuldades e limitações impostas por esse tipo de situação. O objetivo do curso é desenvolver essas habilidades e competências em pedagogos, educadores e estudantes da área.

O programa oferece subsídios teóricos e práticos para que esses profissionais realizem trabalhos pedagógicos com crianças e adolescentes em espaços e ambientes hospitalares, em instituições de saúde e em centros de reabilitação, utilizando estratégias de ensino e acompanhamento escolar. Além da abrangência da atuação desse profissional, há ainda uma preocupação no curso em tratar da sua inserção na equipe de saúde.

O conteúdo enfatiza a importância da compreensão do comportamento humano e de como desenvolver as potencialidades dessas crianças e adolescentes, considerando possíveis limitações físicas, motoras e perceptivas, além das implicações sociais, afetivas e emocionais normalmente presentes em situações de enfermidade, adoecimento e internação.
Outro aspecto abordado se refere à implementação do trabalho escolar dirigido a esse público, respeitando a legislação brasileira vigente, especialmente o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). O profissional é preparado ainda para lidar com as perdas e a elaboração dos lutos nas situações de doenças, acidentes, limitações físicas e sensoriais.
Os profissionais são conscientizados sobre a importância das brinquedotecas hospitalares, obrigatórias nas instituições de saúde. Brincar é um direito da criança e envolve aspectos educacionais, psicológicos e de reabilitação relevantes. As aulas, teóricas e práticas, discutirão também questões como a interpretação das manifestações pessoais, por meio de desenhos, escrita, linguagem, expressão corporal e artística, histórias e contos, símbolos, sonhos e outros conteúdos inconscientes.