sábado, 18 de abril de 2009

Os 5 H’s do relacionamento humano.

E quais são os 5 H? Para quem ainda não conhece, são as seguintes palavras: Humor, Humildade, Humanidade, Harmonia e Honestidade.
Humildade não é sentir-se inferior, nem mostrar-se submisso. É ter consciência das próprias limitações e, ao mesmo tempo, ter vontade de se aprimorar. É aceitar críticas, acolher sugestões e compartilhar com os outros o que conhece.
Humanidade é a realização plena da natureza humana. Envolve os sentimentos de bondade e benevolência em relação aos semelhantes, ou de compaixão e piedade, em relação aos desfavorecidos. É uma atitude que faz bem a todos, e mais ainda a quem a pratica.
Harmonia é a capacidade de bem conviver, gerando um ambiente agradável e solidário, com verdadeiro espírito de equipe, totalmente afinado no alcance de objetivos comuns.
Honestidade é a valorização da verdade e da ética em todos os relacionamentos – pessoais, funcionais, comerciais etc. Uma equipe de trabalho que se fundamenta também na honestidade é mais sólida, mais confiante, mais segura e mais positiva em todas as suas ações e atitudes.
Por que deixei por último o Humor? Porque é um tema sempre presente em minhas palestras e livros. Algo nem sempre bem compreendido mais altamente importante, fundamental mesmo, em qualquer convívio. Sobre esse assunto há uma frase excelente de Half Warren, professor de Liderança: "O humor é um atributo dos líderes nestes tempos de rápidas mudanças e valorização do trabalho em equipe".
As pessoas com senso de humor tendem a ser mais criativas, menos rígidas, mais flexíveis e mais dispostas a considerar e incorporar novas idéias e métodos. O segredo do humor é ver as coisas por um outro ângulo. Situações que parecem sérias e difíceis tornam-se às vezes simples de se lidar, quando vistas de modo bem humorado.
Alegria é uma disposição mental extremamente positiva. O humor é útil até para alavancar nosso interesse por assuntos mais sérios. Em minhas palestras, aproveito conscientemente esse poder do humor, para ligar os assuntos – por vezes bastante profundos e complexos – mantendo as pessoas atentas e receptivas.
Humor é estado de espírito, disposição, temperamento. Está ligado ao ânimo de cada pessoa e também de todo o grupo. O humor do grupo influi no humor de cada pessoa e vice-versa. Isso vale para a população de uma cidade, ou do país, e vale também para a empresa. Este é sentido de um velho provérbio chinês, que deixo aqui para os leitores:
"Quem não sabe sorrir não deve abrir uma loja".